Método de Alta Performance

Para se obter alta performance é preciso mais do que imaginamos, isso é válido tanto para os esportes, os estudos, as artes quanto na sua atividade profissional. Treinar, estudar ou trabalhar muito, às vezes não é suficiente quando os níveis de informação, conhecimento e desenvolvimento técnico já estejam em alto nível competitivo. Ter controle emocional, concentração mental, aprimorar a intuição, trabalhar o corpo de uma forma saudável e consciente, além de polir as relações humanas e ter uma visão mais ampla da interligação que temos com as pessoas e com o meio em que vivemos, podem fazer toda a diferença.


Associar a realização dos seus objetivos com o desenvolvimento pessoal é o que chamamos de alta performance. Mas de que forma propomos este desenvolvimento?


Através da percepção e do aprimoramento dos planos físico, emocional, mental e intuicional. Temos que nos conscientizar que trabalhar apenas o corpo físico e deixar o mental de lado não é lá uma boa alternativa. Da mesma forma que também não é muito saudável desenvolver apenas o raciocínio, a memória, a criatividade e deixar o seu corpo em segundo plano. Qualquer um que seja deixado de lado, pode comprometer seu desempenho.


Vamos analisar um pouco melhor:


Físico: dos quatro planos aqui citados, o físico é o mais denso, e é também a base para um bom desenvolvimento dos demais. Para trabalhar esta área, o Método DeRose desenvolve tônus muscular, flexibilidade articular, alongamento muscular, consciência corporal e maior irrigação cerebral. Conseqüentemente desenvolve auto-estima, determinação e perseverança.


Emocional: o emocional é mais sutil que o físico. Por isso, para que ele possa ser vivenciado, devemos aquietar o físico, para que este não o eclipse. Devemos sempre que possível, trocar sentimentos que emocionalmente nos desgastam por sentimentos mais leves. Com uma boa base emocional você terá maior probabilidade de sucesso pois desenvolverá a habilidade de lidar melhor com as outras pessoas. Este plano é mais desenvolvido no nosso Método através de técnicas respiratórias (que desenvolvem também a capacidade pulmonar e fornecem uma cota extra de energia vital), de descontração emocional (que ajudam a reduzir o stress) e de técnicas de mentalização (que auxiliam na conquista dos objetivos).


Mental: não conseguimos utilizar este canal em sua totalidade quando o emocional, que é mais denso, está em evidência. Já percebeu que, quando você está emocionalmente abalado, não consegue raciocinar direito? Por isso acontecem brigas no trânsito ou entre casais, neste momento o emocional geralmente fala mais alto que o mental. Conquistando uma boa estabilidade emocional, podemos aprimorar a concentração mental que vai resultar em um bom raciocínio, memória e criatividade.


No Método DeRose o desenvolvimento deste plano é obtido com técnicas específicas que trabalham foco, como por exemplo, mantendo a atenção direcionada em uma só imagem mental por um tempo determinado. Com o treinamento, o foco e a concentração mental serão utilizados para o alcance dos seus objetivos.


Intuicional: Assim como num dia de sol, ao olhar para o céu não conseguimos enxergar as estrelas, pois estão eclipsadas pelo brilho mais denso do sol, também o plano físico eclipsa o emocional e este eclipsa o mental. Da mesma forma, o intuicional que é uma ferramenta mais sutil, é eclipsado pelo mental. Por isso temos pouco acesso a ele, pois nossa mente não para em nenhum momento e não deixamos espaço para que este canal possa fluir. O desenvolvimento desta área é o diferencial de muitos atletas e profissionais de alta performance. No Método DeRose, treinamos o acesso ao intuicional através do aprofundamento das técnicas de meditação.



Albert Einstein ilustrou isso quando disse: “Penso 99 vezes e nada descubro. Deixo de pensar, mergulho no silêncio, e a verdade me é revelada”


Linus Pauling, ganhador do Prêmio Nobel de Química em 1954 e Prêmio Nobel da Paz em 1962, afirmou: “É claro que nós cientistas usamos a intuição. Conhecemos a resposta antes de checá-la”.



Não é apenas na ciência que o intuicional é utilizado. No mundo empresarial ele ajuda na tomada de decisões, atletas de ponta conquistam resultados cada vez mais extraordinários, estudantes obtêm melhores resultados com menos tempo de estudo e artistas têm sua capacidade de criação potencializada.


Acredito que o aprimoramento pessoal visto desta forma mais ampla contribua efetivamente para a melhoria no desempenho profissional, esportivo, artístico ou nos estudos. Com certeza será um grande diferencial num momento em que informação, conhecimento e o desenvolvimento técnico nessas áreas já estejam em alto nível.


Caso tenha se identificado com esta proposta de desenvolvimento pessoal, deixo o convite para que conheça minha escola, representante do Método DeRose em Joinville. Estamos localizados à Rua Expedicionário Holz, 149, telefone: (47)3422-5309.

Conheça também o nosso site: www.MetodoDeRoseJoinville.com.br. Aguardo a sua visita!


Gustavo Marson

Professor do Método DeRose desde 1990.

Diretor Geral da escola do Método DeRose em Joinville.

Autor do livro SwáSthya em Dupla.

Ministra seus cursos desde 2001 em todo o Brasil,

Argentina, Portugal, Espanha, França e Itália.


QUERO DAR UM UP NA MINHA VIDA!







Insira os caracteres abaixo

captcha

Alameda Francisco Alves, 37 - Bairro Jardim
Santo André - SP - CEP 09090-790
X
Depoimentos